PALESTRANTES

 


PALESTRAS 1
Terça-feira, dia 10 de setembro, 14h00

|Panorama Nacional das Políticas Públicas em ATHIS|  

 

Alessandra D’Ávila

Mestre em Habitação, Planejamento e Tecnologia pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP), ocupante do cargo efetivo de Analista Técnica de Política Social e Diretora do Departamento de Urbanização da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, onde atua na direção das obras do "PAC - Habitação" (Programa de Aceleração do Crescimento / Infraestrutura social e urbana). Trabalhou na Microbyte Engenharia, como coordenadora da equipe de engenharia. Atuou, ainda, na Prefeitura do Município de São Paulo/SP, desenvolvendo serviços técnicos especializados na Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Superintendência de Habitação Popular, atuando no Programa de Cortiços, além de, na Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Procentro, atuar no Programa Morar no Centro por meio do Grupo Técnico de Análise de Imóveis (GTAI).

 


PALESTRAS 2
Terça-feira, dia 10 de setembro, 19h00

|Panorama da ATHIS como Política Governamental no DF| 

 

Cristiane Benedetto

Advogada com experiência em direito urbanístico e mediação de conflitos, atua há 16 anos em políticas públicas de regularização fundiária e habitação de interesse social, sendo conselheira do Instituto Brasileiro de Direito urbanístico IBDU, região centro-oeste, gestão 2018-2019. Desde março, compõe a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação do Distrito Federal, como Coordenadora de Política Urbana, sendo responsável pela revisão do Plano Distrital de Habitação de Interesse Social e leis afetas à regularização fundiária e implementação de instrumentos urbanísticos. Também participa da equipe de coordenação da revisão do Plano Diretor do Distrito Federal e de outras leis afetas ao desenvolvimento urbano.

 

 

Sandra Marinho

Arquiteta e Urbanista graduada pela Universidade de Brasília (2005) e especialista em Reabilitação Ambiental Sustentável Arquitetônica e Urbanística pela mesma instituição (2017). Coordena o Programa “Melhorias Habitacionais” da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB-DF), atuando desde 2016 na companhia com a implementação da Assistência Técnica Pública e Gratuita em Arquitetura e Urbanismo e dos escritórios de arquitetura e urbanismo da CODHAB nas Áreas de Regularização de Interesse Social (ARIS).


|Experiência de gestões anteriores| 

 

Gilson Paranhos

Graduado pela Universidade de Brasília, participou de importantes projetos como do Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte –(1982); do Terminal III do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo (1998). Foi gerente técnico da Fábrica de Argamassa Armada da NOVACAP, em Brasília – DF, Integrou a equipe da Fábrica de Equipamentos Comunitários – FAEC nos projetos e obras de Creches, Escolas e Hospitais da Rede Sarah. É proprietário da Gilson Paranhos Arquitetura e Engenharia Ltda desde 1989, executando até o momento mais de 250 projetos e 80 obras, onde recebe prêmios em concursos e bienais. Foi presidente do IAB no Distrito Federal em 2000 e Presidente Nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil, tornando-se o porta-voz das Entidades Nacionais de Arquitetura e Urbanismo em Brasília. Participa de diversos fóruns representativos, destacando-se nos Conselhos locais e Conferências das Cidades do Governo Brasileiro. Foi Assessor Institucional e Parlamentar do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil – CAU/BR e atualmente é Secretário Geral do Conselho Internacional de Arquitectos de Língua Portuguesa – CIALP, com sede em Lisboa, desde 2013, na qualidade de representante conselheiro vitalício do IAB. Foi Presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal – CODHAB (2015 a 2018) e Vice-Presidente da região Centro-Oeste da Associação Brasileira das Companhias e Agentes Públicos de Habitação – ABC, no Brasil. Atualmente mora em Kitchener/Waterloo/Cambridge, em Ontário no Canadá, onde desenvolve alguns voluntariados e estudos autônomos referentes às cidades..


Alexandra Reschke

Arquiteta Urbanista, durante 20 anos atuou diretamente em políticas públicas na área de gestão urbana e ambiental, com ênfase na política habitacional com participação social e no planejamento urbano integrado e sustentável. Foi presidente do IDHAB, no Governo do Distrito Federal de 1996 à 1998, e esteve à frente da Secretaria do Patrimônio da União – SPU, do então Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão, de 2003 à 2010. Foi secretária executiva do Instituto Democracia e Sustentabilidade – IDS de 2011 a 2013, e atualmente presta consultoria ao Projeto CITinova – Planejamento Integrado e Tecnologias para Cidades Sustentáveis, executado pelo MCTIC com recursos do GEF.

 

Cristiane Guinâncio

Arquiteta e Urbanista com graduação na Universidade Federal Fluminense (1987), Mestre pela University College London (1995), especialista em Reabilitação Sustentável, Arquitetônica e Urbanística (2011) e Doutora em Arquitetura e Urbanismo (2017) pela Universidade de Brasília (UnB). Foi assessora da presidência do IDHAB/DF na gestão 1996/1998. Atualmente é professora adjunta da Universidade de Brasília, pesquisadora do Núcleo de Pesquisas para Habitação (CEAM/UnB) e do Observatório das Metrópoles (Núcleo Brasília). Coordena o Projeto de Extensão “Assistência Técnica para o Habitar de Origem Social” – ATHOS, que envolve ações em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (CODHAB/DF). No âmbito acadêmico atua nos temas: projeto de arquitetura, projeto urbanístico, habitação de interesse social. Sua trajetória profissional iniciada pela atuação como autônoma no desenvolvimento de projetos de edificações se direcionou à gestão pública.

 


MESA REDONDA 1
Quarta-feira, dia 11 de setembro, 19h00

|Autogestão na produção habitacional| 

 

Evaniza Rodrigues - União Nacional Por Moradia Popular

Evaniza Rodrigues, é assistente social, Mestre em Arquitetura e Urbanismo e atua na área de elaboração e gestão de propostas de política urbana e habitacional nos movimentos populares e na capacitação de atores sociais. Trabalha com programas autogestionários de habitação. Foi coordenadora-executiva da União Nacional por Moradia Popular e membro da coordenação nacional do Fórum Nacional de Reforma Urbana e do Projeto Moradia do Instituto Cidadania. Foi chefe de gabinete da Secretaria de Programas urbanos do Ministério das Cidades e assessora da presidência da Caixa Econômica Federal, na implementação do Programa Minha casa Minha Vida Entidades. Trabalha com programas autogestionários de habitação em parceria entre poder público e movimentos, sempre priorizando a atuação junto a grupos de baixa renda em cortiços, favelas, loteamentos e mutirões. É conselheira de política urbana em São Paulo e participou da implementação do Conselho Nacional das Cidades e do Conselho Gestor do FNHIS.


|Inovação social na habitação| 

 

Matheus Cardoso – Moradigna

Engenheiro e empresário, pós graduado em negócios sociais, mestre em politicas públicas para habitação. Empreendedor social do @Moradigna. Consultor e palestrante de inovação na @Fábrica de Criatividade. Reconhecido pela @Forbes como um dos jovens mais influentes do Brasil em 2018 #30under30. Pai da Isabela.


|ATHIS na prática|  

 

Taiane Beduschi - AH! Arquitetura Humana

Arquiteta e Urbanista, com especialização em Arquitetura da Cidade pela FAU-PUCRS. Durante a graduação, cursou na Universidad Politecnica de Madrid na Espanha, também participou do programa Ciências Sem Fronteiras, na Hanyang University em Seul, Coréia do Sul. Obteve Prêmio IAB - José Albano Volkmer e indicação ao 25º Prêmio Ópera Prima com o projeto “Vivaduto da Conceição - Porto Alegre/RS”. Co-fundadora do AH! Arquitetura Humana, escritório cuja atuação fundamenta-se na promoção da justiça nas cidades, no direito a moradia, no acesso amplo a assistência técnica e no processo participativo. O portifólio do AH! conta com trabalhos como: o Assentamento 20 de Novembro, a Ocupação Dois de Junho e Plano Estratégico de Implementação de Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social do CAU/SC (PEI-ATHIS). Em 2018 o AH! foi contemplado com o premio de Arquiteto e Urbanista do Ano pela Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas – FNA, na categoria setor publico, e em 2016 com o premio de Projeto Destaque no Concurso Nacional de Arquitetura Casa da Sustentabilidade IAB/SP.

 


MESA REDONDA 2
Quarta-feira, dia 12 de setembro, 19h00

|Conectando a favela e o "asfalto" através da Engenharia e da Arquitetura | 

 

Fábio - Favelar

Empreendedor e Inovador Social. Fundou a Favelar, um negócio de impacto que visa democratizar os serviços de engenharia e arquitetura para população favelada e periférica. Também é consultor da CO-urbana, atuando na co-criação de espaços regenerativos. Estudou Engenharia civil, atuou em projetos imobiliários sustentáveis. Fez intercâmbio empresarial em Moçambique, onde pesquisou sobre desenvolvimento urbano e habitação social sustentável.


|Assistência Técnica e a (não) política habitacional do Brasil - desafios contemporâneos| 

 

Tainá de Paula - BR Cidades

Arquiteta e urbanista, ativista das lutas urbanas, especialista em Patrimônio Cultural pela Fundação Oswaldo Cruz e Meste em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atuou em diversos projetos de urbanização e habitação popular, realizando assistência técnica para movimentos de luta pela moradia como União de Moradia Popular (UMP) e Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST). Hoje presta assistência para o movimento Bairro a Bairro, onde atua como arquiteta e como mobilizadora comunitária em áreas periféricas. É membro da Comissão de Gênero do CAU-RJ e atualmente Coordenadora Regional do Projeto Brasil Cidades. É Conselheira do Centro de Defesa e Direitos Humanos Fundação Bento Rubião e da ONG Rede Nami. Representante do Brasil no Fórum Mundial das Nações Unidas para o Desenvolvimento na Tunísia, realizado em abril de 2019.


|Inovação Urbana: Recife e o protagonismo do cidadão |  

 

Tullio Ponzi - Secretaria de Inovação Urbana do Recife - PE

Tullio Ponzi, 33 anos. Secreta´rio Executivo de Inovac¸a~o Urbana da Prefeitura do Recife e idealizador do Programa Mais Vida nos Morros. Poli´tica Pu´blica de Cidadania e Desenvolvimento Sustenta´vel para os Morros do Recife. É Líder RAPS BRASIL 2019 - Rede de ação Política pela Sustentabilidade. É Emerging Leader 2013 pela Harvard Kennedy School of Government; Estudou poli´ticas pu´blicas na The University of Chicago- Harris School of Public Policies; E se formou em Lideranc¸a e Desenvolvimento Infantil pela Harvard University em parceria com o INSPER, Fundac¸a~o Maria Cecilia Souto Vidigal e Bernard Van Leer Foundation. Foi Secreta´rio Executivo de Coordenac¸a~o Geral da Secretaria de Infraestrutura e Servic¸os Urbanos de Recife; Chefe de Gabinete da SEPLAG do Governo do Estado de Pernambuco; Representou o governo de Pernambuco no conselho de administrac¸a~o do Porto Digital; ITEP; FUNDARPE; Agencia Condepe-Fidem e Universidade de Pernambuco-UPE, ale´m da camara te´cnica da SUDENE. No complexo industrial portua´rio de Suape, era staff da preside^ncia para estrate´gia, sustentabilidade e competitividade. Foi ainda aos 23 anos diretor administrativo da intervenc¸a~o do Estado no Hospital de Cancer de Pernambuco.